Não tenha medo de mudanças: elas fazem parte da vida

por | set 21, 2021

Apesar de as mudanças fazerem parte da vida, muitas pessoas gostam de se sentir no controle das situações. Quando algo inesperado acontece, elas podem se sentir desamparadas, ansiosas ou com medo. Não tenha medo de mudanças!

Novidades e transformações fazem parte da vida e são necessárias para a evolução do ser humano – além de serem inevitáveis. Por isso, aceitar a realidade tal como ela é pode trazer uma paz para o seu coração, desde que você esteja preparada.

 

De onde vem o medo de mudança?

O medo de mudança se origina na imprevisibilidade do que pode acontecer ao mudar algo em nossas vidas – seja um endereço, um trabalho ou um relacionamento amoroso. É comumente conhecido como “sair da zona de conforto”, onde tudo é conhecido e já sabemos como se comporta. Apesar disso, não significa que o cenário atual é positivo ou confortável, apenas que ele é conhecido – e pode gerar uma falsa sensação de segurança e controle.

Ao sair da sua zona de conforto, você terá que lidar com sentimentos que foram guardados há muito tempo, já que, dependendo da mudança, ela pode ser muito intensa e trazer à tona lembranças difíceis de ressignificar.

A mudança pode gerar uma equivocada sensação de ser algo negativo, já que nos demanda energia psíquica para reencontrarmos o equilíbrio em nossa vida. Porém, apesar deste desgaste inicial, a mudança gera crescimento e fortalecimento, além de autoconhecimento. O que pode parecer um passo incerto, muitas vezes é o que vai trazer a liberdade para a sua vida novamente.

 

Como iniciar o processo de mudança?

Mudar realmente pode ser difícil no início, porém ao longo do tempo, você percebe que não poderia ter tomado outro caminho na sua vida, já que as mudanças que ocorreram em você foram tão profundas que voltar à vida de antes pode ser impensável. Porém, é necessário coragem para dar o primeiro passo à uma nova vida.

Prepare-se para a mudança

O primeiro passo para a mudança é preparar o seu psicológico para ela. Saiba que o medo fará parte do processo e está tudo bem. Não se preocupe em eliminar o medo da sua vida, mas a agir apesar dele.

 Converse com sua família e amigos

Após a decisão da mudança em sua vida, nada melhor do que conversar com aqueles que verdadeiramente amam você e irão sempre lhe apoiar: sua família e amigos. Deixe claro o quão feliz você ficará com as mudanças e explique os motivos que a levaram a agir desta maneira.

 Planeje-se para a mudança

Planejar a mudança poderá lhe auxiliar a ter mais coragem na hora de colocar seus planos em prática. Isso porque você terá mais controle sobre a situação – mas lembre-se de que o imprevisível é uma realidade em todos os sentidos.

Mantenha-se firme no seu propósito

Toda vez que algum obstáculo surgir ou o medo ficar mais forte, lembre-se dos motivos que a fizeram realizar a mudança em sua vida. Escrever uma carta para si mesma para lê-la nesses momentos poderá lhe auxiliar a lembrar-se disso.

 Converse com uma psicóloga

Você não deve – nem precisa – enfrentar tudo isso sozinha. Uma profissional de psicologia será capaz de lhe ajudar durante todo o processo da mudança – o antes, o durante e o depois – para que você consiga enfrentar essa nova situação da maneira mais tranquila possível.

A mudança requer paciência

Depois de ter feito a mudança na sua vida – mudar de cidade ou de emprego, terminar um relacionamento – você deverá ter paciência para que o equilíbrio volte. É normal você comparar o passado com as novas escolhas ou duvidar se fez a escolha certa. Mas calma! As mudanças requerem tempo para que nos acostumemos a elas – mas depois elas valem muito a pena!

As mudanças são essenciais em nossa vida e valem muito a pena

Não tenha medo de mudanças! Elas são necessárias para o nosso desenvolvimento pessoal e podem nos levar a lugares inimagináveis. Mas lembre-se de que você não precisa enfrentar tudo sozinha: conte com o apoio da família, amigos e até de uma profissional de psicologia.

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *