Você sabe o que é e como melhorar a autoestima?

por | maio 25, 2021

A autoestima influencia diretamente no modo em que percebemos a nós mesmos e agimos diante do mundo e perante os outros. Buscar uma maneira de como melhorar a autoestima está presente no dia-a-dia de muitas pessoas, seja fazendo terapia ou lendo livros, seja buscando conteúdo gratuito na internet, como vídeos e blogs.

Segundo o dicionário Michaelis, autoestima é o sentimento de satisfação e contentamento pessoal que experimenta o indivíduo que conhece suas reais qualidades, habilidades e potencialidades positivas e que, portanto, está consciente de seu valor, sente-se seguro com seu modo de ser e confiante em seu desempenho.

A autoestima não diz respeito tão somente a valorização dos nossos pontos positivos. Ela vai além disso: você perceber os seus pontos negativos, aceitá-los, buscar melhorar e, apesar deles, não deixar-se abalar. Mas, afinal, o que é autoestima? E como podemos melhorá-la?

O que é autoestima afinal?

Autoestima é o jeito que cada um percebe a si mesmo. Ou seja, a imagem e a opinião que temos de nós. Ela é construída através do nosso jeito de ser, das nossas atitudes e experiências, da imagem que construímos de nós e de como percebemos que os outros nos enxergam.

autoestima é a imagem que temos de nós e como nos percebemos

Pessoas com uma boa autoestima costumam se relacionar melhor, pois têm “certeza de si” – a tão sonhada “segurança de saber quem se é”. Além disso, ela é capaz de fazer com que as pessoas tenham mais empatia e consigam se posicionar melhor diante dos outros.

O que é baixa autoestima?

A baixa autoestima pode ser a responsável por comportamentos que, a longo prazo, irão prejudicar o seu desenvolvimento pessoal, o seu modo de se relacionar com os outros e até causar doenças. Segundo estudos, doenças como anorexia, bulimia e obesidade podem estar relacionadas a uma baixa autoestima.

Se você tem dificuldades em dizer não, tem sentimentos de inferioridade, se acha incompetente e não merecedora de suas conquistas, pode ser que sua autoestima esteja baixa.

Então, como melhorar a autoestima?

Ter uma alta autoestima pode ajudar você a ser mais forte e resiliente, além de ser mais fácil de superar situações adversas, já que você acredita no seu próprio potencial. Separamos algumas dicas que podem lhe ajudar a aumentar a sua autoestima.

Saiba dizer não

Dizer não é uma forma de respeitar o que você consegue e pode fazer pelos outros. Nossa ânsia de sermos aceitos pelos outros a qualquer custo pode fazer com que acabemos dizendo “sim” aos outros e “não” a nós mesmos.

Por isso, tenha claro o que realmente é importante pra você. Não abra mão dos seus princípios nem comprometa-se (por exemplo, financeiramente) para ajudar os outros. Respeite-se!

respeite o seu amor próprio para ter uma boa autoestima

Elimine a culpa

O sentimento constante de culpa pode acarretar numa baixa autoestima. Isto porque nos sentimos culpadas pela vida que estamos levando, seja por estarmos acomodadas sem ação ou por termos feito as escolhas erradas.

A vida é feita de escolhas e é justamente isso que pode fazer você eliminar este sentimento. Afinal, se você sente-se culpada por algo feito ou não feito, você tem a oportunidade de escolher agir diferente a partir de agora!

Não crie expectativas irreais

Criar expectativas muito longe de serem alcançadas pode gerar frustração e, consequentemente, baixa autoestima. Cuide para não criar expectativas que não sejam possíveis de serem realizadas, pois isso só vai gerar o sentimento de que você não é capaz.

Não se sabote!

Esqueça o perfeccionismo

Você já ouviu a frase “antes feito do que perfeito”?

A busca pelo perfeccionismo pode estar paralisando você e, novamente, gerando o sentimento de que você não é capaz de realizar seus sonhos. Abandonar a busca incessante pela perfeição não significa fazer as coisas de “qualquer jeito”.

Dedique-se a fazer um bom trabalho sem esperar pela obra de arte finalizada. Vá aprimorando com o tempo!

Não se compare aos outros

Cada pessoa possui sua história, sua personalidade e suas experiências. Comparar-se com os outros é negar essas diferenças e, o pior de tudo, é negar quem você é e tudo o que você passou até aqui.

Busque ser uma pessoa melhor do que você foi ontem e não em relação às outras pessoas!

tenha empatia por você e pelos outros para aumentar autoestima

Faça exercícios físicos

A prática de exercícios físicos tem diversas influências na manutenção da nossa autoestima. Além de melhorar nosso corpo, ela também melhora a nossa mente.

O exercício físico libera serotonina e elimina toxinas do nosso organismo. Ainda, é ótimo para a demonstração do cuidado que temos conosco.

Novamente, não busque pelo perfeccionismo nem tente começar treinando para uma maratona! Vá aos poucos e veja qual tipo de exercício faz mais sentido para você.

Reconheça suas qualidades

Nenhum ser humano possui somente defeitos e com você não é diferente! Por isso, reconhecer suas qualidades é um bom exercício para a manutenção da autoestima.

Escreva num papel as suas principais qualidades (não precisa ser nada complexo!) e, ao final de cada dia, agradeça pelo bem ao seu redor e pelo o que você pôde proporcionar às outras pessoas.

Aprenda algo novo

Aprender alguma habilidade nova faz com que nos sintamos capazes de novas realizações.

Tem vontade de aprender a tocar algum instrumento musical? De aprender a pintar? De falar outra língua? Ou de aprender uma receita nova?

Aventure-se! Descubra o que faz sentido para você e veja o quão capaz você é, muito além do que você imaginava.

mulher aprendendo a cozinhar para melhorar a autoestima

Foque no autoconhecimento e busque terapia

No final das contas, uma autoestima baixa pode estar relacionada em você não se reconhecer mais.

Afinal, quem você é? O que você gosta de comer? Quais são seus hobbys favoritos? Do que você não gosta?

Ter certeza de quem somos faz com que tenhamos mais segurança em nossos relacionamentos, pois, apesar das adversidades, conseguiremos ser resilientes. A terapia é uma maneira muito eficaz de você focar no autoconhecimento e resgatar a sua autoconfiança.

terapia ajuda a melhorar a autoestima
Ao longo da trajetória da vida, é muito comum que tenhamos altos e baixos e acabemos, consequentemente, nos esquecendo de quem realmente somos e do que somos capazes. Por isso, saber como melhorar a autoestima em momentos difíceis pode fazer com que você consiga ser resiliente nos momentos difíceis. Se não for possível fazer isso sozinha, não hesite em entrar em contato com uma psicóloga.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *