Veja dicas de como diminuir a ansiedade

por | abr 29, 2021

A ansiedade é um dos transtornos mais comuns do mundo moderno. Ela pode se manifestar em sintomas leves, que são normais no cotidiano das pessoas, ou até em sintomas mais severos, que podem realmente causar doenças graves.

Ter um certo nível de ansiedade é comum, pois é o jeito que o seu corpo encontra de manter-se alerta e preparado para alguma situação de perigo. Porém, quando esses sintomas paralisam você, está na hora de procurar ajuda.

Quais são os sintomas causados pela ansiedade? 

Diversos podem ser os sintomas causados pela ansiedadee eles variam entre sintomas psicológicos e físicos.

Os sintomas psicológicos da ansiedade podem ser obsessão, pensamentos catastróficos, preocupação excessiva e pensamentos negativos. Já os sintomas físicos podem ser desde uma simples sudorese nas mãos ou em outras partes do corpo, até taquicardia, tremores, insônia, fadiga e irritabilidade.

Se você está tendo um ou vários desses sintomas ao mesmo tempo e por vários dias, pode ser sinal de uma crise de ansiedade.

Como diminuir a ansiedade?

Estar atenta a como o seu corpo e a sua mente reagem a cada uma das situações é o primeiro passo para controlar a ansiedade. Confira outras dicas de como diminuir a ansiedade.

1. Aprenda a controlar a sua respiração 

A técnica de respiração é muito útil para fazer você se instalar na realidade. Isto porque, quando você está sentada prestando atenção à sua respiração e aos movimentos do seu corpo, nada mais preocupa você: nem o passado, nem o futuro.

Já ouviu dizer que “ansiedade é excesso de futuro”? Pois se você está focada apenas no presente, essa preocupação não existe mais!

tecnicas-repiracao-diminuir-ansiedade

2. Pratique uma atividade física

A atividade física libera os hormônios da felicidade (dopamina, endorfina e serotonina), o que promove o bem-estar e a disposição física para o resto do seu dia – melhor ainda se for praticada logo pela manhã.

Comece praticando atividades mais leves, como caminhadas ou passeios de bicicleta. Assim que você se sentir mais confiante, vá até uma academia e matricule-se na atividade que você se identifica.

pratique atividades físicas para diminuir a ansiedade

3. Ponha em prática a técnica do 5, 4, 3, 2, 1

Você já ouviu falar da técnica do 5, 4, 3, 2, 1? Ela é ótima para ser aplicada quando você está no meio de uma crise de ansiedade e não consegue relaxar. Ela consiste em você se concentrar em:

    • 5 coisas que você pode ver;
    • 4 coisas que você pode tocar;
    • 3 sons que você consegue ouvir;
    • 2 cheiros que você consegue identificar;
    • 1 coisa que você consegue sentir o sabor.

Essa técnica ajuda você a se concentrar no presente e tem um grande poder de acalmar você no meio de uma crise. Mas lembre-se: no meio da crise, você não conseguirá raciocinar direito. Por isso, pratique ela antes!

4. Encontre atividades de relaxamento 

O nosso dia-a-dia hoje é muito corrido e, às vezes, ficamos tão focadas no trabalho e demais atividades, que não separamos umtempo para relaxar. Isso pode ser um dos fatores da sua ansiedade, pois, ao se cobrar demais, pensamentos obsessivos podem tomar conta de você.

Por isso, é muito importante encontrar atividades que relaxem você. Leia um livro, escute uma música calma, pratique meditação.

5. Saia com os amigos 

Durante a semana, a rotina conturbada de trabalho e estudo não nos deixa tempo para nada. Ao chegar o final de semana, você só quer descansar e arrumar a casa.

Porém, nós somos seres sociais e manter um vínculo de amizade é essencial para a nossa saúde mental. Não negligencie aquela conversa jogada fora com os amigos!

saia-com-amigos-diminuir-ansiedade

6. Mantenha-se no presente

Ter planos para o futuro e batalhar pelos nossos sonhos nos mantém em movimento e longe de uma vida de estagnação.

Porém, manter-se dentro da realidade das possibilidades de sua vida ajuda a amenizar a ansiedade, pois não criamos expectativas acerca de sonhos inalcançáveis.

Sonhe, mas mantenha seus pés no chão.

7. Durma bem 

Uma boa noite de sono influencia muito no seu dia. Se dormimos mal, nos sentimos mais cansadas, indispostas e irritadiças. Além de fazer você perder a paciência com mais facilidade, você também pode se culpar por não estar sendo produtiva.

Mantenha uma boa higiene do sono. Deixe o seu quarto escuro, fique longe de eletrônicos uma hora antes de dormir e faça um chá quentinho. Além disso, certifique-se de que sua cama está confortável para você dormir, com lençóis limpos e aconchegantes.

uma boa noite de sono ajuda a diminuir a ansiedade

Nenhuma das dicas que demos anteriormente é uma regra que você deve seguir à risca para diminuir a sua ansiedade. Faça uma de cada vez e adapte o que melhor se adequar à sua rotina.

Se você decidir mudar sua vida toda de uma hora pra outra, pode gerar ainda mais ansiedade e frustração, quando você não conseguir realizar tudo.

Caso você esteja passando por crises de ansiedade mais severas, não hesite em contatar um psicólogo.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *