O que é ansiedade, principais sintomas e como tratá-la.

por | mar 6, 2023

Sentir preocupação e nervosismo é algo normal que muitas vezes nos ajuda a aumentar a nossa motivação, mas quando os sentimentos se tornam excessivos e não podem ser controlados, é possível que a ansiedade esteja presente.

Neste artigo, vou explicar o que é ansiedade, os principais sintomas, tratamentos e outros fatores associados.

A ansiedade é uma resposta normal ao estresse, mas quando ocorre em excesso torna-se desconfortável, podendo prejudicar muitas áreas da sua vida, como seus relacionamentos e seu trabalho.

Os sintomas costumam incluir inquietação, preocupação exagerada, medo e sentimentos de culpa. Além disso, podem incluir palavras e pensamentos em excesso, dificuldade em concentrar-se, aumento da frequência cardíaca, respiração irregular, sudorese, tremores, dormência ou formigamento e tensão muscular.

Existem muitas causas possíveis para a ansiedade, como estresse social, relacionamentos complicados, experiências traumáticas, situações financeiras difíceis e abuso de substâncias. Esses são apenas alguns motivos que podem desencadear uma crise de ansiedade, já que pode ser causada por múltiplos fatores.

Os tratamentos para a ansiedade variam dependendo do caso específico. A terapia de conversação é benéfica para muitos indivíduos e pode incluir a terapia cognitivo-comportamental, terapia sistêmica e terapia familiar.

As terapias alternativas, como meditação, ioga, acupuntura e exercício também são úteis para aliviar a ansiedade, porém não excluem o fato da terapia ser essencial. Além disso, alguns medicamentos podem ser necessários para controlar a ansiedade, sempre recomendado pelo seu médico.

O que é ansiedade?

Você já ouviu a frase de que ansiedade é “excesso de futuro”? Ou seja, diz respeito a uma pessoa que não está 100% focada no presente e preocupa-se excessivamente com o que pode ou não acontecer no futuro.

A ansiedade é um sentimento de preocupação e medo que pode vir acompanhado de sintomas físicos. Muitas vezes, é uma reação saudável e normal a mudanças ou situações estressantes, como uma entrevista de emprego ou a iniciação de um novo projeto.

No entanto, a ansiedade também pode se manifestar em níveis mais graves, comprometendo a vida diária de uma pessoa.

A ansiedade é um estado de tensão mental e físico caracterizado por uma reação de medo e preocupação. Por exemplo, alguém que está ansioso pode experimentar sentimentos de medo intenso, nervosismo e inquietação.

Estes sentimentos podem desencadear fisicamente manifestações como aceleração do coração, sudorese, aperto no peito, tremores, dores musculares, dificuldade de respirar e dores de estômago.

A ansiedade pode se manifestar de diferentes maneiras, incluindo ansiedade generalizada, fobias específicas, transtorno obsessivo-compulsivo, síndrome de pânico, transtorno de estresse pós-traumático e outros. Embora seja uma resposta normal à experiência de estresse, ela pode se tornar problemática quando não é tratada.

Quem sofre com ansiedade pode beneficiar-se com terapias e medicamentos. Alguns tratamentos para a ansiedade incluem terapia cognitivo-comportamental, terapia de relaxamento, terapia de aceitação e compromisso, terapia de exposição ao medo, medicamentos antidepressivos, ansiolíticos e outros.

Principais sintomas

Os sintomas de ansiedade tendem a variar de pessoa para pessoa, mas existem alguns sintomas que são comuns aos indivíduos que sofrem deste distúrbio. Alguns dos principais sintomas de ansiedade incluem:

  • Preocupações excessivas: preocupações excessivas com um evento ou situação futura, e isso pode estar associado a sentimentos de insegurança ou medo;
  • Inquietação e ansiedade: a pessoa se sente constantemente agitada e inquieta ao pensar em algo futuro, o que pode levar a sentimentos de ansiedade e nervosismo;
  • Fadiga mental: pode afetar o seu desempenho durante o dia;
  • Distração: o ansioso pode se sentir facilmente distraído e incapaz de se concentrar nos seus objetivos, devido aos pensamentos ansiosos que interrompem sua mente;
  • Alterações de humor: podem ser experimentadas alterações de humor repentinas, bem como sentimentos de frustração e irritabilidade;
  • Alterações no sono: o sono pode ser afetado, resultando em insônia ou sono excessivo;
  • Dificuldade na digestão: a pessoa pode sentir dificuldades para digerir alimentos, que podem ser acompanhadas de sintomas como náusea e dor abdominal;
  • Tensão muscular: a pessoa pode experimentar tensão muscular, que pode incluir dores de cabeça, dores nas costas ou dores nos ombros.

Sintomas físicos da ansiedade

Quando se trata de ansiedade, muitas pessoas sentem sintomas físicos. Podem incluir taquicardia, sudorese, aperto no peito, tremores, fadiga, dores musculares, náuseas e dificuldade para respirar.

Embora estes sintomas sejam desconfortáveis, lembre-se de que eles são temporários e passarão com o tempo. Se você estiver sentindo sintomas físicos frequentes ou intensos, consulte um médico para obter ajuda.

Sintomas psicológicos da ansiedade

Os sintomas psicológicos da ansiedade podem afetar a sua vida de diversas maneiras. Entre eles, é comum sentir preocupação excessiva, alterações no sono, fadiga, dificuldade para manter a concentração, irritabilidade e pensamentos recorrentes.

Além disso, é normal sentir que falta ar, náuseas, sudorese, tremores e palpitações cardíacas. Estes sintomas podem variar de intensidade, com alguns sentimentos que aparecem em momentos específicos ou que se prolongam por algum tempo.

Tratamento da ansiedade

O tratamento da ansiedade é essencial para manter a saúde mental, uma vez que não apenas alivia os sintomas, mas também ajuda a reduzir o estresse e o sofrimento emocional associado à ansiedade. Existem diversas maneiras pelas quais a ansiedade pode ser tratada, incluindo medicamentos, terapia comportamental, modificação do estilo de vida e terapia cognitivo-comportamental (TCC).

Os medicamentos usados ​​para tratar a ansiedade incluem benzodiazepínicos, antidepressivos e outras drogas para o humor.

A ajuda de um médico ou psicólogo é necessária para determinar a melhor medicação para tratar os sintomas de ansiedade, pois alguns medicamentos têm efeitos colaterais. Além disso, alguns medicamentos podem levar algum tempo até que os efeitos sejam notados, por isso é importante ficar atento e informar ao profissional de saúde sobre quaisquer mudanças nos sintomas.

A terapia comportamental, também conhecida como terapia de exposição, é uma forma de tratamento para a ansiedade que enfrenta as fobias e preocupações com as quais a pessoa luta. O objetivo deste tipo de terapia é ensinar técnicas de relaxamento, pois elas ajudam a controlar o medo e a ansiedade. Geralmente, o terapeuta usará uma combinação de técnicas de exposição e relaxamento para tratar a ansiedade.

Outra forma de tratamento para a ansiedade é a modificação do estilo de vida. Isso inclui mudanças na dieta, exercícios regulares, redução do estresse, redução do consumo de álcool e tabaco, boas noites de sono e horários de sono regulares. Estas mudanças podem ajudar a controlar a ansiedade sem o uso de medicamentos.

A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é um método de tratamento da ansiedade que se concentra na mudança de comportamentos e pensamentos negativos que contribuem para a ansiedade. Por meio da terapia TCC, os terapeutas trabalham com os pacientes para identificar e mudar os pensamentos negativos e comportamentos que contribuem para a ansiedade.

A terapia TCC é geralmente combinada com outros tratamentos, como medicamentos e mudança do estilo de vida, para garantir um tratamento mais eficaz.

Conclusão

A ansiedade afeta a vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Apesar disso, ela ainda é um assunto que é difícil de abordar.

Ansiedade não é apenas uma sensação desagradável que temos quando estamos em situações estressantes, mas pode também ser um distúrbio que tem efeitos profundos na nossa vida.

Também não é algo que desaparece magicamente, por isso é importante procurar ajuda quando necessário. Existem muitas maneiras de tratar a ansiedade, tais como terapia, medicamentos e algumas técnicas de relaxamento.

Portanto, a ansiedade é um assunto sério que deve ser tratado com cuidado. Seus efeitos podem ser devastadores, mas com o tratamento certo, você pode aprender a controlar os sintomas e encontrar maneiras de lidar com ela.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.