Quais são os principais sintomas do Transtorno Obsessivo-Compulsivo

por | mar 3, 2023

O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é mais comum do que podemos imaginar, podendo estar presente nas pessoas de uma forma mais moderada ou até mais grave. Mas você sabe quais são os principais sintomas do transtorno obsessivo-compulsivo? Neste artigo, eu vou te mostrar as principais características desta síndrome.

O TOC é, basicamente, caracterizado pela presença de pensamentos obsessivos e comportamentos compulsivos, que vão tomando tempo e espaço na vida da pessoa. Desta maneira, cria-se rituais comportamentais que podem causar sofrimento emocional.

Este distúrbio psicológico possui dois tipos de sintomas principais:

  • Obsessões: são pensamentos desagradáveis que invadem a cabeça da pessoa de forma indesejada, causando ansiedade e sofrimento. Muitas vezes, as pessoas não conseguem controlá-los e ficam com medo de viver. Por exemplo: pensamentos de morte por coronavírus constantemente invadindo os pensamentos e, em função disso, um isolamento total das demais pessoas;
  • Compulsões: são comportamentos repetitivos que, se não forem feitos, podem causar muita ansiedade e aflição nas pessoas. Os mais comuns são: lavar as mãos constantemente, verificar fechaduras/fogão, organizar objetos, entre outros.

Mas, afinal, o que é o TOC?

Transtorno obsessivo-compulsivo: o que é?

O TOC, muitas vezes, pode ser confundido com alguma mania que a pessoa tem. Por isso, é muito importante que o diagnóstico do transtorno seja feito por um profissional da área, seja psicólogo ou psiquiatra.

Mania de organização ou de limpeza, sentimento desagradável com assimetria e preocupação excessiva com pequenas coisas do dia a dia (como deixar o fogão aceso) não configuram a síndrome do TOC. Apesar de ser comum que as pessoas achem que esses comportamentos significam a doença, ela é um transtorno muito mais sério – que pode, inclusive, incapacitar as pessoas de realizarem as tarefas mais básicas.

Ou seja, a “mania de limpeza” ou “de organização” só poderá ser enquadrada como TOC quando elas apresentarem prejuízo para a sua vida a nível emocional, psicológico, social ou profissional.

Não há, contudo, um esclarecimento sobre as causas do TOC, podendo variar desde as experiências que você está vivendo/viveu até falhas na comunicação entre determinadas zonas do cérebro (a nível químico).

Quais são os principais sintomas do transtorno obsessivo-compulsivo?

Os sintomas do transtorno obsessivo-compulsivo podem se manifestar desde uma maneira mais moderada até de uma forma mais intensa. Além disso, o transtorno costuma se manifestar, de forma mais comum, em pessoas muito ansiosas, com alto nível de estresse e outros transtornos, como ataque de pânico, por exemplo.

Como falei anteriormente, os principais sintomas do TOC são as obsessões e as compulsões, além da criação de alguns rituais. Veja alguns comportamentos de cada um:

Obsessões

  • Necessidade de que as coisas estejam em ordem ou dispostas simetricamente;
  • Pensamentos obsessivos que envolvem limpeza (medo de contaminação) ou de germes/vírus em geral;
  • Medo de possíveis tragédias consigo próprio ou com pessoas amadas;
  • Pensamentos agressivos;
  • Presença de tiques ou roer as unhas;
  • Ansiedade aguda por algo que já foi feito (desligar o gás ou trancar a porta da casa);
  • Entre outros.

Compulsões

  • Comportamentos repetitivos, como limpar cômodos ou objetos;
  • Necessidade de fazer contagem de coisas/objetos;
  • Lavar as mãos constantemente ou tomar banho várias vezes ao dia;
  • Verificar as mesmas coisas diversas vezes no dia;
  • Ter uma rotina diária muito rígida;
  • Acumular objetos;
  • Compulsão por compras;
  • Entre outros.

Rituais

Além dos sintomas anteriores, alguns rituais podem ser criados, como:

  • Fazer o mesmo trajeto na rua;
  • Só sair de casa depois de seguir uma “rotina” (que podem ser inúmeras atitudes, como verificar o fogão, a eletricidade, entre outros – sempre na mesma ordem e não conseguir sair de casa sem fazer isso);
  • Criar regras para si mesmo: só farei tal coisa se um passarinho passar aqui (um exemplo);
  • Entre outros.

Claro que existem alguns rituais que são normais, como se preocupar se não há um carro suspeito perto da garagem da sua casa ao se aproximar. Porém, esses sintomas ficam preocupantes quando impedem que você viva a sua vida normalmente.

Por isso, o ideal é que você faça um acompanhamento psicológico para que o profissional especializado em transtornos mentais possa verificar os sintomas do transtorno obsessivo-compulsivo e cuide de você e da sua saúde mental.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.